Imagem capa - Erivaldo Francisco Santos - Hang Loose pro brazil  por David Gastardon

Erivaldo Francisco Santos - Hang Loose pro brazil

Erivaldo Francisco Santos



Conheci Erivaldo em uma noite de sábado no centro de Campinas- SP enquanto conversava com uma amiga na calçada de um bar. Jovem, de pele morena e com um cabelo extremamente preto e liso, estava com os pés descalços, mas no peito estampava a camisa 10 da seleção brasileira. Passando de mesa em mesa pedindo uns trocados, ele chegou até nós. Alegre e fazendo algumas brincadeiras, lhe oferecemos um copo de cerveja e conversamos por cerca de uma hora.


A todo o momento ele agradecia pela atenção e dizia que não queria atrapalhar, mas não atrapalhou! Compartilhamos histórias. Ele nos contou sobre empregos, conflitos familiares, sua atual vida na rua e com muito orgulho falou sobre sua descendência indígena, sobre toda a terra onde nasceu e viveu com seu avô índio, no Nordeste do país, sobre sua jornada até chegar em São Paulo onde veio encontrar parte de sua família e acabou nas ruas.

Contei a ele que gostava de ouvir a histórias das pessoas e por isso me tornei fotógrafo. Ele me autorizou a contar a sua através de algumas fotos, se animou ao cogitar que através dessas imagens alguém poderia o procurar para oferecer ajuda e ao final da nossa conversa mencionou que devemos sempre acreditar em Deus, que Ele sabe o que faz.


Os traços e sua história deixam claro que Erivaldo Francisco Santos é descendente de índio, mas a perda dessa identidade fica explicita já nas origens de seu próprio nome. “Erivaldo” é de origem germânica, “Hariwaldque significa “comandante do exército”, seus dois sobrenomes se originam do latim. Ele crê num Deus católico, o mesmo Deus dos portugueses que vieram para o Brasil, escravizaram e tentaram doutrinar a população indígena. Ele orgulha-se em vestir a camisa de um país cuja população elegeu um presidente que prometeu acabar com as reservas indígenas e comunidades quilombolas e que acredita que o índio deve se moldar a viver de outra maneira para ser mais feliz.  


Obrigado por emprestar a camera Gigi <3











 



Foto: David Gastardon
Texto: David Gastardon/Bianca Carvalho 




Contato


Outros trabalhos: 


Perdido em Curitiba 

Galeria - Fotografia de Rua 

Galeria - Casamentos